menu
Notícias / Polícia

Homem que foi velado e enterrado em Passo Fundo aparece vivo no bairro Zachia

Homem que foi velado e enterrado em Passo Fundo aparece vivo no bairro Zachia

Data de publicação: 20 de novembro de 2023
Hora: 09:00h
Créditos: Repórter Policial João Victor Lopes
Fonte: Rádio Uirapuru



Na noite desta sexta-feira (17), uma família de Passo Fundo foi abalada por um incidente surpreendente. Após enterrar seu suposto ente querido, eles se depararam com um vídeo dele vivo no bairro José Alexandre Zachia, em Passo Fundo.

Com exclusividade, o Repórter Policial da Rádio Uirapuru, João Victor Lopes, acompanhou a prima do suposto morto, Ana Paula dos Santos da Silva, até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para registrar o caso.

O INÍCIO DOS FATOS:

O Centro POP do município de Passo Fundo informou à família, na noite da quinta-feira (16), que um homem estava em óbito no Hospital de Clínicas (HC) e que possivelmente era Chandler da Silva Machado, de 26 anos. O homem teria morrido de parada cardiorrespiratória.

O contato ocorreu devido a Chandler ser usuário do Centro POP, motivando a comunicação. Eles solicitaram alguém para fazer o reconhecimento do indivíduo em óbito. A mãe de Chandler compareceu ao necrotério do Hospital de Clínicas (HC) e, abalada, reconheceu o corpo como sendo de seu filho. Apenas ela entrou para o reconhecimento, e desde então, todos os procedimentos foram tomados. A prima Ana Paula, acompanhada dos pais de Chandler, escolheu a funerária e procedeu com os atos fúnebres.

Segundo Ana, seu primo foi velado na Capela A do bairro Vera Cruz, na madrugada desta sexta-feira (17), com início do velório à 01 hora da madrugada. Durante o velório, às 10h da manhã, a prima Ana Paula, ao olhar o corpo no caixão (primeiro contato), informou aos familiares que não era seu primo, que as características não eram as mesmas.

“Eu me surpreendi quando olhei aquele homem em óbito e na hora disse que não era meu primo.”

Os familiares, então, levantaram a suspeita. A prima Ana Paula fez contato com a funerária responsável pelos atos fúnebres e informou que não era seu primo. Prontamente, a equipe da funerária foi ao local e não queria fazer o enterro de Chandler. No entanto, alguns familiares confirmaram que seria ele. O enterro aconteceu no Cemitério da Vera Cruz. Durante a noite (de sexta), um amigo de Chandler publicou um vídeo nas redes sociais com ele (suposto morto), vivo e relatando em áudio e vídeo que não estava morto. “Eu to vivo, to bem, to bem, to com muita comida, tudo ó de bom, ganhei aqui no mercado agora, viu fiel, fica tranquilo pai. Isso ai eu não sei quem que fez que avisou.” (sic) O vídeo foi encaminhado aos familiares.

O CORPO VELADO E SEPULTADO:

Até este momento, não há suspeita de identificação do homem velado e enterrado.

NOVO REGISTRO:

Na madrugada de hoje, sábado (18), a prima de Chandler compareceu à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para o registro da localização de Chandler. A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), investigará todos os detalhes deste caso.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.