menu
Notícias / Estado

Ciclone se forma, ganhará força e vento aumenta muito até amanhã

Ciclone extratropical trará vento muito forte a intenso com risco de danos no Rio Grande do Sul hoje à noite e amanhã

Data de publicação: 3 de novembro de 2023
Hora: 13:00h
Fonte: MetSul Meteorologia



A MetSul Meteorologia alerta que o vento aumenta muito a partir do fim da tarde e a noite de hoje no Rio Grande do Sul, seguindo forte a intenso durante o sábado em parte do estado com a formação de um ciclone extratropical nos litorais gaúcho e uruguaio, com o centro de baixa pressão a Leste e a Sudeste do Chuí. O período mais crítico será a madrugada e manhã deste sábado.

Como a MetSul explicou em seus boletins, o vento forte no Rio Grande do Sul se daria em dois momentos distintos e por razões diferentes. Na quarta e ontem, o estado teria forte vento do quadrante Leste pelo contraste de pressão entre um centro de baixa pressão no continente e um de alta pressão no oceano. Entre hoje e amanhã, vento forte a intenso pela formação de um ciclone na costa.

No primeiro momento, do vento do quadrante Leste, por diferencial de pressão, houve registro de rajadas em estações oficiais de 81 km/h em Mostardas, 78 km/h em Canguçu, 74 km/h no Chuí, 73 km/h em Tramandaí, 72 km/h em Dom Pedrito, 69 km/h em Santiago, e 67 km/h em Rio Grande.

Agora, no segundo momento de vento, desta vez pela atuação do ciclone extratropical, devem ser esperadas rajadas com velocidades maiores no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul, uma vez que o ciclone será intenso e estará muito perto da costa no momento inicial.

Grande parte do interior gaúcho deve ter vento, em média, de 40 km/h a 60 km/h entre hoje e amanhã, mas, como ocorre normalmente em ciclones na costa, as rajadas fortes a intensas não ocorrem mais adentro do continente e sim em pontos próximos do mar. Por isso, cidades do Sul e do Leste gaúcho terão forte ventania no final do dia de hoje e durante o sábado.

As rajadas mais fortes no Sul e no Leste gaúcho atingirão marcas de 80 km/h a 100 km/h e isoladamente superiores. Pontos da costa podem ter rajadas de 100 km/h a 120 km, especialmente entre o Chuí e Mostardas. O vento vai aumentar também no litoral catarinense, especialmente entre Passo de Torres e Florianópolis com rajadas em média de 50 km/h a 70 km/h, mas de 80 km/h a 100 km/h ou isoladamente superiores em algumas praias.

Em Porto Alegre, o vento aumenta na próxima noite e sopra com rajadas fortes durante o sábado, cedendo gradualmente no final da tarde e à noite. As rajadas na capital gaúcha devem ficar entre 60 km/h e 70 km/h, em média, mas, pelo efeito da topografia e do relevo da cidade, alguns pontos podem ter picos de 70 km/h a 90 km/h.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.