menu
Notícias / Saúde

Uma revolução na artroplastia de ombro já é realidade no Hospital de Clínicas de Passo Fundo



Data de publicação: 6 de junho de 2023
Hora: 08:20h
Fonte: Divulgação HC



Nova técnica utiliza o GPS para a navegação intra-operatória, otimizando os resultados do implante de prótese de ombro

O Hospital de Clínicas (HC) de Passo Fundo sediou um procedimento inovador na área de ortopedia na última quinta-feira (01/06). Conhecida por revolucionar os procedimentos de artroplastia de ombro, a técnica de planejamento e execução cirúrgica guiada por GPS foi realizada pela primeira vez em um hospital no interior do Brasil pela equipe do Serviço de Cirurgia de Ombro e Cotovelo do Hospital Ortopédico de Passo Fundo utilizando a estrutura do Centro Cirúrgico do HCPF.  

O grupo de especialistas é composto pelos médicos ortopedistas Dr. Airton rodrigues, Dr. Francisco Neto, Dr. Eder Martel e Dr. Marcos Monteiro, agregando vasto conhecimento com o uso desta nova tecnologia “Este procedimento chegou recentemente ao Brasil, sendo este o primeiro realizado no interior do país, fora das capitais. Dessa forma, novamente o Hospital Ortopédico e o Hospital de Clínicas colocam-se na vanguarda das inovações tecnológicas na área da saúde em nossa região.” destacou o grupo. O sistema de navegação utilizado pela equipe é o primeiro e único sistema desta modalidade desenvolvido em todo o mundo.

A equipe evidencia ainda a melhora significativa dos resultados clínicos e a satisfação dos pacientes com a implementação da navegação cirúrgica por GPS, tecnologia que possibilita aos cirurgiões mais precisão e posicionamento dos implantes de forma anatômica, vantagens importantes para os casos de desgastes ósseos significativos.

“A utilização desta nova técnica, a qual conta com auxílio de um planejamento pré-operatório tridimensional (3D) e também com a inteligência artificial permitindo a navegação intra-operatória, leva a uma melhor visualização e entendimento da anatomia dos pacientes, possibilitando que, durante o procedimento, o cirurgião consiga posicionar os componentes na localização ideal, respeitando o planejamento realizado previamente.”

Casos de artrose gleno-umeral, artropatia do manguito rotador, fraturas e sequelas de fraturas do úmero proximal, entre outros, podem se beneficiar da utilização desta técnica para retomada dos movimentos e melhora da qualidade de vida.

“Este procedimento tão complexo exige, além de uma equipe altamente capacitada, uma estrutura que supra as necessidades técnicas para sua realização. Nesse sentido o Hospital de Clínicas de Passo Fundo, instituição que vem se destacando nos últimos anos pelo seu pioneirismo técnico e científico, fornece o alicerce sólido para que Passo Fundo esteja no mapa das primeiras cidades do país a realizarem esta cirurgia.” evidenciam os cirurgiões.

Com todas as informações importantes reunidas previamente pela equipe, o planejamento cirúrgico se torna mais efetivo e adaptado à anatomia do paciente, impactando na resolutividade dos casos e maior durabilidade da prótese.  A inserção da tecnologia em todos os ambientes é uma realidade imutável e que traz grandes avanços, especialmente na área da saúde, otimizando a performance técnica de todas as equipes.

“Assim, tanto o Hospital Ortopédico, como o Hospital de Clínicas avançam em suas missões de oferecerem o melhor para os pacientes de Passo Fundo e região, sempre buscando as inovações tecnológicas capazes de auxiliar na melhoria da qualidade de vida da população, sem esquecer do atendimento humanizado e cordial, características que fazem parte do DNA destas instituições.” finalizam os ortopedistas.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.