menu
Notícias / Mundo

Trump se apresenta a tribunal em Nova York para ouvir acusações criminais

É a primeira vez na história que um ex-presidente dos EUA é indiciado em um processo criminal. Trump é acusado de esconder pagamento para comprar o silêncio de atriz pornô.

Data de publicação: 4 de abril de 2023
Hora: 16:00h
Fotos: AP Photo/Seth Wenig
Fonte: g1



O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump chegou nesta terça-feira (4) às 13h25 (14h25 em Brasília) ao Tribunal Criminal de Manhattan, na cidade de Nova York, para ouvir formalmente perante um juiz sua acusação em um processo criminal.

Trump foi acusado, no final de março por um grande júri, de disfarçar registros contábeis para esconder um pagamento de US$ 130 mil para comprar o silêncio de uma atriz pornô que dizia ter um caso com ele.

Após ouvir 34 acusações criminais, Trump se declarou inocente de todas elas.

Centenas de pessoas, alguns a favor e outros contra Trump, se reuniram em um parque em frente ao tribunal. Eles foram separados por barricadas pela polícia para tentar manter a ordem, embora tenha havido alguns pequenos confrontos.

Qualquer julgamento está a pelo menos mais de um ano de distância, disseram especialistas jurídicos ouvidos pela agência de notícias Reuters. Ser indiciado ou mesmo condenado não impede legalmente Trump de concorrer à presidência em 2024.

Qual é a acusação contra Trump?

O caso em questão tem relação com um suposto pagamento de US$ 130 mil (cerca de R$ 680 mil) feito por Trump à atriz Stormy Daniels nas semanas prévias às eleições de 2016, para que ela se mantivesse em silêncio sobre um suposto relacionamento extraconjugal que tiveram anos antes. Trump foi eleito naquele ano.

Além disso, o pagamento indireto também seria uma tentativa de esconder uma relação dos eleitores, afirmam os promotores.

A principal testemunha do caso é justamente Cohen. Foi ele quem pagou o dinheiro para que Stormy Daniels ficasse em silêncio — de acordo com o advogado isso foi feito por ordens do próprio Trump.

Os registros desse pagamento foram feitos por uma das empresas do ex-presidente, a Trump Organization. Só que, no balanço, a companhia afirma que o dinheiro foi gasto em despesas com advogado.

A leitura das acusações

O momento da acusação é, geralmente, a primeira vez que um acusado aparece no tribunal depois do indiciamento.

O ex-presidente foi incluído no sistema da Justiça como acusado: suas digitais foram registradas. Ele não foi fotografado ao dar entrada no tribunal, no que nos EUA é chamado de "mugshot", e não foi algemado.

O juiz disse a Trump quais são as 34 acusações contra ele. O acusado então tem a chance de fazer uma confissão de culpa. Como esperado, Trump se declarou inocente.

Discurso no fim do dia

Sabendo que as chances de ser detido em um indiciamento são mínimas, o ex-presidente já até marcou uma entrevista coletiva na noite desta terça-feira em sua residência na Flórida.

A expectativa é que, nesse momento, ele esteja acompanhado de apoiadores e aproveite o momento para fazer campanha. Trump é um pré-candidato à presidência dos EUA pelo Partido Republicano, e o processo criminal deve ser um dos temas da temporada de eleições.

O que é indiciamento nos EUA?

Por enquanto, Trump foi apenas indiciado. Na Justiça dos EUA, isso significa que uma pessoa foi acusada formalmente de um crime por um grande júri ou por um promotor público. O indiciamento é o resultado de uma investigação policial ou do FBI que reuniu evidências suficientes para sustentar a acusação. Ser indiciado não significa que a pessoa é culpada, mas apenas que há motivos para levá-la a julgamento.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.