menu
Notícias / Mundo

Número de mortos na Turquia e na Síria passa de 35 mil, mas ONU adverte que fatalidades podem dobrar

Países receberam equipes de resgate de diversas nações

Data de publicação: 13 de fevereiro de 2023
Hora: 08:05h
Fotos: Bulent Kilic / AFP / CP
Fonte: AFP



O número de vítimas fatais do violento terremoto de 6 de fevereiro na Turquia e Síria chegou a 35.225 pessoas, de acordo com os dados oficiais atualizados nesta segunda-feira (13), uma semana após os tremores.

O terremoto de 7,8 graus de magnitude provocou 31.643 mortes no Sul da Turquia, informou a Autoridade de Gestão de Desastres e Emergências (AFAD). Na vizinha Síria, já aconteceram 3.581 óbitos. A ONU advertiu que o número de mortes pode "dobrar" nos próximos dias.

O número de mortos é crescente apesar do trabalho incansável das equipes de resgate que atuam nos dois países. Neste domingo (12), seis dias após os tremores, os socorristas ainda tiravam pessoas com vida dos escombros dos prédios.

Tanto Turquia quanto a Síria receberam equipes de resgate de vários países como Estados Unidos, Brasil, França, Israel, entre outros. Apesar de todos os esforços, ainda há milhares de mortos sob as construções que ruíram e muita gente desaparecida.

 







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.