menu
Notícias / Mundo

Bebê recém-nascido é resgatado dos escombros após terremoto na Síria

Seu cordão umbilical ainda estava preso à mãe quando ela foi encontrada, segundo um parente da criança

Data de publicação: 8 de fevereiro de 2023
Hora: 07:50h
Fotos: Twitter
Fonte: CNN



Um bebê recém-nascido foi resgatado em meio aos escombros de sua casa, no norte da Síria, destruída pelo terremoto de segunda-feira (6).

Seu cordão umbilical ainda estava preso à mãe quando ela foi encontrada, disse um parente da criança à Agence France-Presse (AFP). Acredita-se que sua mãe tenha morrido após o parto.

“Ouvimos uma voz enquanto estávamos cavando”, disse o primo Khalil al-Suwadi à AFP na terça-feira. “Tiramos a poeira e encontramos a bebê com o cordão umbilical [intacto], então o cortamos e minha prima a levou para o hospital.”

A menina recebe tratamento em um hospital infantil na cidade de Afrin nesta terça-feira (7). A pediatra Hani Maarouf disse à AFP que ela está estável, mas chegou com hematomas, lacerações e hipotermia.

O bebê é o único sobrevivente de sua família imediata, de acordo com Suwadi. Eles moravam em um prédio de apartamentos de cinco andares que foi destruído pelo terremoto.

O terremoto, de magnitude 7,8, atingiu a região da Turquia próxima à fronteira com a Síria na segunda. Pelo menos 7.266 pessoas morreram nos dois países.

O número de mortos na Síria já é superior a 1.832. Mais de 1.020 pessoas foram mortas em áreas controladas pela oposição, segundo os Capacetes Brancos, também conhecidos como Defesa Civil da Síria. Nas áreas controladas pelo governo, o número de mortos é de 812, segundo a agência de notícias estatal SANA.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que cerca de 23 milhões de pessoas podem ter sido afetadas pelo forte terremoto e pelos mais de 120 tremores secundários sentidos depois.

 






O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.