menu
Notícias / Mundo

Castelo de mais de 2 mil anos é danificado por terremoto na Turquia; veja antes e depois

O número de mortos passou de mil. Esse é o abalo sísmico mais forte desde 1939.

Data de publicação: 6 de fevereiro de 2023
Hora: 08:20h
Fotos: Foto 1: Ben Bender/Wikimedia Commons/Foto 2: IHA
Fonte: G1



O castelo de Gaziantep, do século II, foi danificado pelo terremoto que atingiu a Turquia nesta segunda-feira (6).

O epicentro do tremor foi no povoado de Kahramanmaras, próximo à cidade de Gaziantep, onde fica o castelo de mesmo nome. A região é próxima da fronteira com a Síria.

Imagens da agência de notícias IHA mostram que partes das paredes da fortaleza e das torres de vigia foram niveladas e outras partes desabaram.

O terremoto de magnitude 7,8 atingiu o sul da Turquia e o norte da Síria na segunda-feira, derrubando centenas de edifícios e matando pelo menos 1.200 pessoas nos dois países.

Acredita-se que centenas ainda estejam presas sob os escombros. O número de vítimas pode aumentar à medida que equipes de resgate vasculham os destroços em cidades e vilas tanto na Turquia quanto na Síria.

Em ambos os lados da fronteira turca, moradores foram acordados pelo terremoto antes do amanhecer e correram para fora em uma noite fria, chuvosa e com neve de inverno, enquanto os prédios foram destruídos e fortes tremores secundários continuaram.

Equipes de resgate e residentes em várias cidades procuraram por sobreviventes, trabalhando em emaranhados de metal e pilhas gigantes de concreto.

 

Síria

O terremoto atingiu uma região assolada por mais de uma década de guerra civil na Síria.

O abalo sísmico aconteceu a cerca de 90 quilômetros da fronteira turca com a Síria, fora da cidade de Gaziantep, importante capital provincial da Turquia e onde fica o castelo.

Pelo menos 20 tremores secundários aconteceram algumas horas após o principal abalo, o mais forte deles de intensidade 6,6, segundo autoridades turcas.

O terremoto aconteceu em momento delicado para diversos países do Oriente Médio, que passa por uma tempestade de neve que não deve diminuir até quinta-feira (9).







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.