menu
Notícias / Política

MPE sustenta tese da Promotoria em ação que investigava suposto abuso de poder político e econômico nas eleições de 2020 em Sarandi



Data de publicação: 2 de agosto de 2022
Hora: 10:20h
Fonte: Rádio Sarandi



O Ministério Público Eleitoral, manteve o parecer do Ministério Público de Sarandi, em favor da cassação da Chapa vencedora nas eleições municipais de 2020 em Sarandi. A ação de investigação judicial eleitoral (AIJ), foi movida pelo Ministério Público e apura suposto abuso de poder político e econômico da chapa que venceu eleição de 2020 no município de Sarandi.

O parecer, assinado pelo Procurador Regional Eleitoral José Osmar Pumes, no último dia 30 de julho, mantém a sustentação da condenação dos investigados à sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes à eleição de 2020, pela prática de abuso de poder político e econômico.

Em entrevista à Rádio Sarandi, na manhã desta terça-feira, 02 de agosto, o Promotor de Sarandi, Caio Isola de Aro, destaca que o Procurador Regional Eleitoral foi ao encontro do que o MP defende desde o início do processo, requerendo a procedência da ação com a cassação dos mandatos e a declaração de inelegibilidade dos envolvidos. Segundo ele, agora, o processo irá integralmente para o Tribunal Regional Eleitoral que designará uma data para efetivamente decidir o futuro do processo.

Nossa reportagem manteve contato com a Administração Municipal de Sarandi, que preferiu não se manifestar, neste momento.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.