menu
Notícias / Política

Eleições 2022: Proximidade das convenções intensifica articulações

O tabuleiro eleitoral no Rio Grande do Sul, no entanto, ainda segue muito em aberto.

Data de publicação: 20 de junho de 2022
Hora: 07:30h
Créditos: Taline Opptiz
Fotos: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini/ CP
Fonte: Correio do Povo



Faltando um mês do início do prazo para a realização das convenções partidárias, que vão oficializar os candidatos majoritários e proporcionais que disputarão as eleições deste ano, dirigentes deverão intensificar as negociações visando a formação de alianças. As convenções vão de 20 de julho a 5 de agosto. Após, legendas, federações e coligações têm até 15 de agosto para solicitar o registro de candidatura. Os pedidos aos cargos de presidente e vice-presidente devem ser julgados pelo Tribunal Superior Eleitoral até 12 de setembro.

No Rio Grande do Sul, uma das primeiras convenções realizadas será a do pré-candidato do PL, Onyx Lorenzoni, no dia 22 de julho. Onyx vem liderando as pesquisas de intenções de voto no Estado. A chapa é composta ainda pelo vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, que concorrerá ao Senado. A expectativa é a de que nos próximos dias seja anunciado o vice.

O tabuleiro eleitoral em solo gaúcho, no entanto, ainda segue muito em aberto. A única chapa integralmente completa é a de Luis Carlos Heinze (PP), que deverá ter as vereadoras Tanise Sabino (PTB) e Comandante Nádia (PP) nas vagas de vice e ao Senado, respectivamente. No mais, segue a pulverização de pré-candidaturas majoritárias nos diferentes campos ideológicos.

Uma das principais expectativas após o anúncio da presença do ex-governador Eduardo Leite (PSDB) na corrida ao Piratini é o apoio do MDB, que ainda não se confirmou. E as chances de um recuo em relação a pré-candidatura de Gabriel Souza são cada vez mais remotas. Com isto, Luiz Carlos Busato, presidente estadual do União Brasil, é o mais cotado para assumir a vice na chapa do tucano. O partido realiza reunião da executiva nesta semana para tratar do tema.

No campo da esquerda, lideranças também conversam até quarta-feira para tentar viabilizar a sonhada frente ampla e ampliar as chances de chegar ao segundo turno. A convenção do PT, que tem Edegar Pretto como representante, está marcada para o dia 24 de julho. 







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.