menu
Notícias

Frederico Westphalen - Município investe nas suas potencialidades turísticas



Data de publicação: 9 de fevereiro de 2022
Hora: 07:28h
Fotos: Jardel da Costa
Fonte: Moglia Comunicação Empresarial



Parceria com o Sebrae RS resultou na elaboração do Plano Municipal de Turismo, que definiu 49 ações a serem desenvolvidas nos próximos quatro anos

 

Diversificação da economia local e estímulo ao empreendedorismo também passam pelo turismo. Pensando nisso, Frederico Westphalen agora encara o desafio de capacitar-se como um polo turístico da região norte gaúcha, meta que será alcançada a partir do Plano Municipal de Turismo, entregue no dia 19 de janeiro pelo Sebrae RS à Prefeitura. O documento, resultado do trabalho desenvolvido desde julho do ano passado por meio do programa Cidade Empreendedora, aponta 49 ações construídas para desenvolver o turismo no município. 

 

“O Plano Municipal de Turismo nos dá diretrizes e linhas básicas que devem ser seguidas nessa área. Ele é um documento importante para termos clareza das oportunidades e das fraquezas a serem trabalhadas e dá segurança para os empreendedores investirem. O plano também coloca o município de acordo com as exigências do Ministério do Turismo e do governo do Estado para buscar recursos públicos e privados para o desenvolvimento das nossas potencialidades turísticas”, afirma o secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Frederico Westphalen, Alessandro Molossi. 

 

O Plano Municipal de Turismo foi uma construção coletiva e participativa, que contou com quatro oficinas conduzidas pelas consultoras do Sebrae RS, Roséli Azi Nascimento e Rita Michelon. Participaram das atividades representantes de vários setores da comunidade, professores universitários, empresários, vereadores e secretários municipais.   

 

“O documento tem a validade de quatro anos e será necessária a união de todos para que essas 49 ações saiam do papel e sejam executadas sob a gestão do Conselho Municipal de Turismo”, explica Roséli.

 

A partir da percepção das potencialidades do município, ficou estabelecido que o segmento âncora do Plano é Turismo de Negócios e Eventos, que compreende o conjunto de atividades turísticas decorrentes de encontros de interesse profissional. Os segmentos secundários identificados em Frederico Westphalen foram Turismo Cultural, Turismo de Compras, Ecoturismo e o Turismo Rural. Esta última é uma área que será desenvolvida a partir de agora, aproveitando o fato que a cidade tem no agronegócio a sua principal atividade econômica.

 

“Em todos estes segmentos será possível desenvolver mais produtos turísticos para fortalecer o município como destino turístico e, consequentemente ampliar as oportunidades de emprego e renda”, conclui a consultora do Sebrae RS.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.