menu
Notícias

Rondinha - Município iniciará a vacinação contra o Covid-19 em Crianças



Data de publicação: 19 de janeiro de 2022
Hora: 11:30h
Créditos: Joel De Brito/DiárioRS
Fotos: Divulgação



A Secretaria Municipal de Saúde de Rondinha, comunica toda a população que na próxima sexta-feira dia 21 de janeiro de 2022, será iniciada a aplicação das vacinas contra COVID 19 em crianças de 05 a 11 anos, primeiramente com comorbidades, e após as demais crianças de forma decrescente conforme a faixa etária e a disponibilidade de vacinas recebidas do Ministério da Saúde.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Valter Bortoluzzi, a vacinação iniciará no dia 21, na Unidade de Saúde do Bairro Aparecida e explica que o procedimento se dará da seguinte forma: Os pais ou responsáveis deverão agendar a aplicação da vacina através do fone 54 3365 1539, fornecendo nome e telefone de contato.

Diante da coleta dos dados, os profissionais da saúde irão marcar o horário da vacinação das crianças, que por sua vez, deverão estar acompanhadas de um dos pais ou responsável, e apresentar o cartão de vacinas, além do cartão do SUS e CPF da criança e do responsável.

Salientamos que as crianças que se enquadram na lista de comorbidades, farão a vacina e após 8 semanas, terão uma dose de reforço. Para as demais crianças será feita dose única, conforme orientação do Ministério da Saúde”, relata o Secretário Valter.

A vacinação para as demais crianças, se dará assim que imunizadas as que possuem comorbidades, ou seja, a sequência da vacinação para crianças sem comorbidades se dará por ordem de idade, iniciando pelas de 11 anos e seguindo em ordem decrescente até os 5 anos de idade.

Salientamos novamente, a importância do contato via fones dos pais para agendar a vacinação das crianças, através do fone: 54 3365 1539.

 

LISTA DE COMORDIBADES

Confira abaixo a lista de comorbidades a serem consideradas para aplicação da vacina contra a COVID-19 de crianças de 05 a 11 anos:

OBESIDADE: Diagnóstico de obesidade através da aferição de peso e altura.

ASMA: Diagnóstico clínico através da avaliação e acompanhamento médico.

DOENÇAS CONGÊNITAS – RARAS – GENÉTICAS 

DOENÇAS AUTOIMUNE

Doença Congênita: cardiopatias congênitas com comprometimento sistêmico- Doenças Raras;

Síndromes Genéticas: Trissomiado 21 ou Síndrome de Down, diferentes trissomias ou condições genéticas que possa justificar imunização prioritária devido ao maior risco de agravamento de doenças;

Neoplasias/Câncer ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológica no momento atual;

Doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores;

Pessoa vivendo com HIV.

DOENÇAS HEMATOLÓGICAS   

Doença Falciforme ou Talassemia Maior.

DOENÇAS CARDIOVASCULARES

De forma geral, crianças e adolescentes com condições cardiovasculares que apresentam outras comorbidades, como por exemplo, obesidade que justificará sua inclusão no grupo prioritário pelo alto risco de agravamento do quadro de COVID-19. Cardiopatias congênitas com consequências sistêmicas.

DOENÇAS NEUROLÓGICAS

Doença neurológica com comprometimento de deglutição ou situação que aumente risco de doença pulmonar, doenças infectocontagiosas ou doença cardiovascular. As crianças com Transtorno do Espectro Autista, Hiperatividades, Histórico de convulsões entre outros,

 – EXCETO se houver comprometimento físico,Acidente Vascular Encefálico, Mielite Transversa Paralisia cerebral com descrição de limitações, Pacientes acamados.

DOENÇAS ENDOCRINOLÓGICAS       

Diabete Mellitus (Tipo1): Crianças com condição insulino-dependente devido a DM1.

OBS: Comprovação será através de autodeclaração.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.