menu
Notícias / Polícia

Morre policial atingido por disparos após briga de trânsito em Chapecó

Além do policial, duas pessoas foram atingidas por disparos

Data de publicação: 13 de setembro de 2021
Hora: 08:15h
Fotos: Arquivo/ClicRDC
Fonte: ClicRDC



Morreu na madrugada deste domingo (12), o policial militar Márcio Antônio de Mello que foi baleado na tarde de sábado (11), por volta das 16h. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o sargento estava de folga e foi baleado após uma discussão de trânsito, outras duas pessoas também foram baleadas.

O velório do PM acontece na capela da Funerária Wolff, no bairro Jardim Itália. A celebração de despedida acontecerá  às 11h30, seguindo logo após para a capela mortuária do município de Caxambu do Sul. O sepultamento dar-se-á hoje, às  17 horas, no cemitério municipal de Caxambu do Sul.

N O T A  D E  F A L E C I M E N T O

3º SGT PM REF 924106-0 Márcio Antônio de Mello

É com pesar que o comando do 2º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira comunica o falecimento do 3º Sargento PM  924106-0  Márcio Antônio de Mello , 46 anos, ocorrido hoje  por volta da 1h20min deste domingo, dia  12 de setembro de 2021 (12/09/2021)

Seu corpo está sendo velado na capela da Funerária Wolff, localizada  na Rua Marechal Bormann, 946 -E, bairro Jardim Itália, no município de Chapecó.  A celebração de despedida acontecerá  às 11h30, seguindo logo após para a capela mortuária do município de Caxambu do Sul-SC. O sepultamento dar-se-á hoje, às  17 horas, no cemitério municipal de Caxambu do Sul.

“Jamais sejam por nós esquecidos”

(Tenente-coronel Roberto Kel)

Respeitosamente,

Ademir Barcarollo

Tenente-Coronel PM Chapecó-SC do 2º BPM

Relembre o caso

Uma discussão e briga de trânsito terminou com três pessoas baleadas na região do Jardim do Lago, no bairro Efapi, em Chapecó (SC). A ocorrência foi registrada por volta das 16h, deste sábado (11). Entre as vítimas feridas está um sargento da Polícia Militar. A Polícia Civil irá investigar a versão apresentada pela PM e a da família das outras duas vítimas baleadas.







O DiárioRS não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse, as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.