menu
Colunas

Minhas máscaras, meus personagens. Por Leomir Hendges


Data de publicação: 25 de outubro de 2013
Coluna: Leomir Hendges
Colunista: Leomir Hendges




Até quando você vai fingir ser o que não é? Sustentar máscaras é bem mais trabalhoso do que ser realmente você diante dos outros. Eu olho nos olhos para encontrar verdade naquilo que as pessoas falam e demonstram viver, a alegria expressa em sorrisos e gargalhadas é muitas vezes uma fachada que esconde a lágrima de dor de alguém que perdeu sua essência.


Por que esconder nossos sentimentos e viver uma ilusão? Se há falsidade naquilo que você é, as pessoas que estão contigo também vão ser falsas naquilo que são com você. Pare de esconder seus sentimentos. Chega de viver relacionamentos limitados. Chega de atuar como personagens conforme a história pede. A peça acaba, você pode até ser aplaudido, mas vai se dar conta que era sua vida e fez dela uma ficção, então, os aplausos não são para você, mas para o personagem criado para representar.


Negar quem você é para manter relacionamentos é viver escondido atrás de máscaras o tempo todo. É frustrante conhecer e conviver com pessoas que escondem seu EU pensando que desta forma estarão seguros e protegidos. Se você não tem capacidade de olhar no olho das pessoas para conversar é porque está com medo de mostrar quem realmente és. Os olhos são a janela da alma.


A sua dor, a falsidade da sua identidade, a alegria, todos os seus sentimentos são expressos através do seu olhar. Você pode ser um ator e atuar em papeis diferentes para sustentar suas máscaras, mas seu olhar mantém quem você é. Deus está na sua frente agora, olhando para os seus olhos, Ele não quer invadir sua alma. Ele quer mostrar que ama você, da forma como você é. Ele ama o ser que está aí dentro, escondido. Você não precisa esconder sentimentos, seja verdadeiro diante de Deus.


Esta é a hora de entregar suas identidades falsas e assumir aquilo que você é na sua essência. Só assim Deus poderá mudar a sua vida e ensinar como andar num novo caminho. Se as pessoas se afastarem persista em ser você. Melhor um amigo verdadeiro do que uma multidão de pessoas falsas que sugam o seu ser e te moldam como elas querem que você seja. A solidão não é consequência da falta de relacionamentos, mas da negação que você faz de si mesmo para mantê-los.




Você é capaz de viver sem máscaras? Se estiver afim de viver algo verdadeiro e ser o que realmente és vai precisar conhecer quem é a pessoa que viveu escondida dentro de você.  Para o novo chegar. Para você viver quem realmente você é, Deus precisa destruir o que você construiu com um ponto de vista errado. Deixa a maré levar. Deus está contigo e consola suas lágrimas. Você tem uma nova casa para construir agora. Chega de ilusão. Viva na verdade.


Só há um caminho, só há uma verdade, só há uma vida. Você vai ter que decidir o que vai querer. Aqueles que caminham em cima do muro são os primeiros a cair. Então, pule para um lado, faça sua escolha e viva as consequências. De um lado a ilusão, de outro a verdade. Jesus não estava brincando quando disse que Ele era a verdade, o caminho e a vida. Essa é a essência de Jesus, quem Ele é verdadeiramente. Em nenhum momento Jesus escondeu-se em máscaras. Ele sempre foi e continua sendo o que é. Você tem uma decisão para fazer. Tire um tempo para você. Tenha um momento só seu, longe de outras pessoas. É hora de ser você mesmo diante de você. És capaz disso? De não esconder-se de você? Vá para um lugar só seu e seja você. 



Por - Leomir Hendges


DiárioRS


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.





00a0aamascaras capa 00a0aamascaras capa