menu
Colunas

O véu da Noiva e o caminho estreito


Data de publicação: 6 de fevereiro de 2020
Coluna: Samantha Schepanski
Colunista: Samantha Schepanski



 


O véu da Noiva traça um caminho,

Como o caminho estreito.

Muito próximo no tocante da areia com o mar.

Quanto Jesus almeja se revelar, salvar o mundo.

Mas somente Noivas Apaixonadas,

Dispostas aos cuidados e excelência.

Conseguem reconhecer e se derramar ao abraço da Graça.


Dia a dia revelado e vivido a composição de cada passo,

Com paciência e resiliência à luz da glória dEle,

Desfrutando dos frutos do Espírito Santo.

Desencadeando voos no embalo da caminhada.

Na consciência da beleza de aguardar

Com amor e não por obrigação.

Em busca do ponto perfeito, a comunhão do céu.


Em que se espera com fé, perseverança, entrega,

Arrependimento, quebrantamento, reposicionamento,

Fidelidade, santidade, anseio e alegria no Senhor.

Por estar com o coração no Noivo Eterno,

Que dá nome ao sentido de tudo.

Em adoração peregrinando pelas fases que exalam a unidade,

Em essência e caráter de Cristo.

De quem clama nas maiores alturas, Hosana.

Atravessando com segurança as tempestades.


Onde a Noiva e o Noivo andam juntos assiduamente,

Os pés musicalizam com os instrumentos.

Desejando-se pertencer ardentemente,

Como jamais imaginaram, imaginam ou imaginarão.

Crendo no propósito em profunda gratidão.

Envolvidos em devoção além da salvação.

Mas à Glória do Pai, eternizados pelo Sangue.



Screenshot 20200205 210202 1 Screenshot 20200205 210202 1