menu
Colunas

Espero que você não se aposente - Lessandro Sassi da Silva


Data de publicação: 27 de março de 2017
Coluna: Lessandro Sassi da Silva
Colunista: Lessandro Sassi da Silva



 


Responda rápido, qual é a melhor hora do seu trabalho? Se você respondeu “a de ir embora”, “a de receber o salário”, ou “a sexta-feira”, ou ainda “as férias” aposente-se. Nesse caso, trabalhe o tempo que precisar e se aposente. Por favor, saia do mercado de trabalho, ele ficará melhor sem você e você ficará (muito) melhor fora dele.


Não fique nervoso(a) ou bravo(a) comigo. Eu tenho esse defeito de me preocupar demais com a saúde mental das pessoas. As vezes sou mal compreendido, mas enfim, é vida que segue.


Não há como não comentar as recentes mudanças que estão ocorrendo no pais no que diz respeito a aposentadoria dos trabalhadores. Pra quem lembra um pouco das aulas de geografia do ensino médio dos anos 2000, a situação pela qual estamos passando já era anunciada. Até agora nada de novo.


Nada de novo nas condições e na idade da população, nada de diferente do que era previsto nas aulas de geografia, nada de novo na inércia governamental em tomar medidas proativas nos anos anteriores.


O aumento da longevidade da população, resultado de melhores condições de saúde, educação, segurança e etc (apesar de não serem ideais ainda) faz com que a forma de organizar o trabalho seja repensada. Sinto lhe dizer, mas isso é uma constatação. A situação da previdência social  não é novidade, apenas ficou agravada.


Com o Brasil sendo um dos países com mais casos de depressão e burnout (ou síndrome do esgotamento profissional) do mundo, não trabalhar pode ser a solução. Particularmente, acho que não seja a melhor solução. Sinceramente, desejo que você encontre algo que ama fazer e faça da melhor forma.


Na história da humanidade, o significado da palavra trabalho deriva de tripalium. Tripaium é um termo em latim para designar um instrumento de tortura composto por três (tri) paus (palium) dispostos de forma que causassem dor e sofrimento nos escravos. Daí alguns termos populares que se referem ao trabalho como sendo “uma batalha”, “labuta”, “guerra” ou “pegar no batente”. É natural, só quem trabalhava eram os escravos.


Quando se tem uma vocação, você não trabalha. Acredite se quiser. Quando você vê um caminho a ser percorrido na sua carreira, o ato de realizar as suas atividades e perseguir seus objetivos não é visto como trabalho (no sentido escravista da coisa). Se você se percebe assim, por favor não se aposente. O mundo vai perder muito sem a sua contribuição. É muito difícil encontrar pessoas que saem de casa por algo maior do que o final do expediente, a sexta-feira, o salário do mês, o décimo terceiro ou as férias.


Quem começa a semana na segunda pensando na sexta está torcendo para morrer mais cedo.


Veja bem, não falo que você deve trabalhar 24h por dia, sete dias por semana. Parar e simplesmente não fazer nada é tão importante quanto ser produtivo. Vamos abordar com mais profundidade esse assunto futuramente, aguarde.


O que quero provocar em você neste artigo é a sua reflexão em relação ao que você faz hoje. Profissionalmente falando.


Todas essas mudanças sociais e econômicas vão impactar diretamente a nossa vida. Independente de qual decisão será tomada.


É por isso que uma visão clara sobre o que você quer para o seu futuro é tão importante. E para ter essa visão clara, primeiro você precisa se conhecer. Saber o que quer ou não fazer, saber o que gosta ou não de fazer e, principalmente, saber o que gosta ou não de aprender. Sem aprendizado não há evolução.


Autoconhecimento não é coisa fácil, exige um esforço constante de consciência e lucidez para, a partir dessas informações, começarmos a nos aceitar como seres humanos passíveis de erro. Esse é o primeiro passo para se aprimorar. Uma vez iniciado, as coisas ficarão muito mais claras e, com um pouco de tempo, você vai ser capaz de entender a sua real vocação para não ter que se preocupar mais com aposentadoria como válvula de escape de um trabalho maçante.



Lessandro Sassi da Silva



Espero que voce nao se aposente Lessandro Sassi da Silva270317 Espero que voce nao se aposente Lessandro Sassi da Silva270317