menu
Colunas

Inter - O que era bom, virou um fiasco.


Data de publicação: 30 de novembro de 2015
Coluna: Valeria R. Cenci
Colunista: Valeria R. Cenci



 


Em uma bela noite de sábado com uma Maracanã praticamente vazio as equipes do Fluminense e Internacional foram a campo para realizar partida pela 37° rodada do Campeonato Brasileiro.


 


E quem começou em cima, na pressão, foi o Inter. Que jogou muito bem, bom futebol, bom toque de bola, passes corretos. E foi assim que chegou aos 04min de jogo com bela jogada de Anderson, dando belo passe para Vitinho que por sua vez chutou no canto direito de Cavalieri, abrindo o marcador para o Inter.


 


O Inter dominou o adversário durante praticamente metade do primeiro tempo. Chegando novamente com perigo aos 16min com Lisandro tabelando com Vitinho, onde este recebeu na área e finalizou na trave direita de Cavalieri. Quase o segundo gol Colorado.


 


Mas tudo mudou quando aos 29min com posse de bola do Inter no ataque, Marlon e Vitinho iniciam discussão na área. E sabem caros leitores quem foi para o bolo? Isso mesmo, o senhor D’Alessandro que como capitão deu um belo exemplo, entrando na confusão e implorando por um canário belga. Parabéns senhor D’Ale por estar fora da próxima partida do Inter, sendo ela a ultima e decisiva do Campeonato.


 


Após este lamentável acontecimento o Inter ainda conseguiu chegar. Foi aos 35min com Vitinho enfiando bola no meio da defesa para William que chegou pela direita, mas acabou finalizando sobre o gol de Cavalieri.


 


O Inter ainda dominava a partida, porem sem muito animo e sem vontade de vencer. Aliás, acho que as beldades dos jogadores do Inter estavam pensando que fazer de 1 a 0 no começo da partida na casa do adversário é um resultado super tranquilo. Sabendo que o Inter precisa alcançar um saldo de gol de 5, que é o que o São Paulo tem.


 


Mas apesar da confusão criada pelos jogadores Colorados, quem teve o primeiro expulso não foi o Inter, e sim o Flu. Aos 45min o senhor Osvaldo resolve agredir o jogador Anderson, e por esse belo gesto acabou por levar canário vermelho direto e foi para a rua.


 


A primeira etapa, apesar dos pesares, acabou morta. E assim morta começou a segunda etapa.


 


Para provar que a segunda etapa iria ser um verdadeiro tédio, o primeiro lance de perigo só apareceu aos 16min com Wellington Silva cruzando da ponta da área e Marcos Júnior cabeceando para quase marcar o gol do Flu, evitado por uma grande defesa de Muriel.


 


O jogo esfriou e só voltou a apresentar-se com chance aos 26min em rápido contra-ataque do Flu com Marcos Júnior enfiando bola para Magno Alves, pela direita. Vitinho chegou na dividida e Magno caiu, o senhor árbitro viu pênalti e assim o marcou.


 


Então se estava ruim ganhar de 1 a 0, imaginem um empate. E assim aos 28min Cícero colocou a bola de um lado e Muriel do outro, empatando a partida no Maracanã. Fluminense 1X1 Internacional.


 


O Flu estava com um a menos, cheio de garotos, era um verdadeiro amontoado de jogadores, mas ainda assim conseguiu agredir o Colorado. Aos 36min mais uma oportunidade. Magno Alves puxou ataque pela direita e ajeitou para o meio, Scarpa fez o porta-luz e Lucas Gomes finalizou sobre o gol de Muriel.


 


E você caro leitor se pergunta, está louca essa escritora? Onde estão os lances de perigo do Inter? Pois bem, esses lances apareceram, mas apareceram apenas aos 42min do 2° T com D’Ale cruzando da direita, Bertotto deixou passar e Bruno Baio, quase na pequena área, desviou para o gol, Cavalieri fez grande defesa para evitar o gol Colorado.


 


Aos 43min mais uma vez o Inter, agora com William colocando na marca do pênalti para Baio, que com estilo, tocou para fora de cabeça.


 


E o que começou com cara de goleada em favor do Inter, virou pesadelo, correndo riscos de sair do Rio de Janeiro com uma derrota.


 


E agora o que resta ao Inter e ganhar do Cruzeiro na última rodada e secar o Santos, o São Paulo e quem mais aparecer pela frente.


Por Valeria Cenci


Patrocinador desta coluna:



INDÚSTRIA DE URNAS RIGON LTDA.
Rua Luiz Zanella, 200 - Distrito Industrial 
CEP 99680-000 - Constantina - RS
Fone: (54) 3363-1210


DiárioRS


CLIQUE AQUI, curta a Fan Page do site e  fique informado sobre as notícias da região.




inter empata 29 11 15 inter empata 29 11 15
inter empata 29 11 15
000aasaSlide1
rodape diario novo